Cotidiano

Sussurro

Posted on: novembro 4, 2006

Uma das minhas características é falar baixo. Outra, é falar alto. Porque as minhas idiosincrasias são sempre bipolares.  Mas o assunto é o pólo falar baixo.

O meu lado tímido faz com que eu emita sons quase inaudíveis em uma conversa, mas isso é algo tão antigo em mim que eu nunca havia percebido o efeito que causava. Até que um dia, meu então namorado me disse que gostava desse meu jeito de falar baixo, chamando a atenção das pessoas para perto. Ele falou em melhores palavras, mas o significado era esse.

Foi essa semana na faculdade eu percebi o tal do efeito sussurro. Estavámos discutindo sobre narrativas e eu fiz um comentário, completando o que o professor dizia. Falei baixo porque estava na primeira fileira. Ele se fixou no que eu dizia. Depois, falei de novo, um pouco mais baixo que da primeira vez. Tive de repetir. Não o fiz muito mais alto, mesmo porque não precisava: o professor mergulhou no meu pensamento. Então me ficou bem claro o que o ex quis dizer.

Foi interessante ver o quanto pode ser envolvente um sussurro. E que por envolvente não entenda-se apenas a conotação sexual. Puxar alguém para dentro das suas idéias é algo fascinante e que, claro, como no caso com o ex, também pode levar a outras coisas.

Gosto dessas análises que os outros fazem da gente. Às vezes são tão equivocadas, mas por outras são bem certeiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Enquanto isso no Twitter…

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

del.icio.us

%d blogueiros gostam disto: