Cotidiano

Nothing unusual, nothing strange…

Posted on: março 22, 2007

Close to nothing at all
The same old scenario, the same old rain
And there’s no explosions here
Then something unusual, something strange
Comes from nothing at all
I saw a spaceship fly by your window
Did you see it disappear?

…há muito não escuto Damien Rice. Talvez por ser romântico demais se comparado ao momento presente.

E não seria romantismo lamentar também o não-amor?

É tudo tão elegíaco. Mas há também um pouco de lirismo, para não ser injusta com a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Enquanto isso no Twitter…

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

del.icio.us

%d blogueiros gostam disto: