Cotidiano

Posts Tagged ‘Amor

“Saí à toa nessa madrugada
Sem saber porquê
A noite daqui é tão linda e me faz me perder
Penso num belo horizonte em poder te ver
Sei que eu não tenho mais nada a perder

Meu carro que não quer mais andar
Essa noite que não quer terminar
Onde está você meu amor?
Eu preciso de um pouco de calor

Saí à toa nessa madrugada
Sem saber porquê
A noite daqui é tão linda e me faz me perder
Penso num belo horizonte em poder te ver
Sei que eu não tenho mais nada a perder
Se eu não tenho mais nada a perder
No meu peito eu tenho você
É nessa estrada que eu quero estar
Eu quero o dia, a noite e o mar e cantar

Meu carro que não quer mais andar
Essa noite que não quer terminar
Onde está você meu amor?
Eu preciso de um pouco de calor”
(Dan Nakagawa na voz de Ney Matogrosso)

Te amo.

…if I could just see you
if I could just hold you tonight”

Hoje faz 1 mês que não vejo o Ramon. Ele acabou de chegar de viagem e está na minha casa (eu estou na casa dos meus pais). São só 100 km agora.
Já é tarde, mas não consigo dormir. Estou ansiosa para vê-lo.
Falta eu na minha cama. Ele já está.

E ontem fez 1 ano e 1 mês que nos conhecemos e nunca mais desgrudamos. Quero que dure mais uns mil anos, meu amor.

Tags:

Está na hora de fazer um layout para este blog. Vou pensar em outra forma de organizar os links, páginas e cores. Saudade do tempo em que fazia layouts. Adicionei dois links: Vinte anos (um blog que acabei de achar e não  lembro mais onde achei) e o “Blog das dicas” site do meu namorado.

Preciso também pensar em um layout para o blog dos meus alunos. Comecei um projeto com os meus teenagers e preciso gerenciar os convites, dividir em categorias, perfis, filtrar conteúdo…Mas acho que vai sair algo bem legal com os meus 16 teens.

p.s.: categoria nova: a teacher’s life.

Não foram meus 21 anos (os meus foram há 3), mas do Ramon, que é meu namorado e muito mais além disso.

O levei para jantar em um restaurante mexicano. Luz baixa, decoração típica, tempo para nós dois. Ele, feliz como uma criança. Os olhos brilhando. Satisfeito com a vida fez um balanço dela. Os olhos brilharam um pouco mais com lágrimas e os meus as derramaram. É uma emoção muito forte ver feliz quem amamos e que nos fazem felizes, como uma mãe vendo um filho sorrindo. E por falar em mães…

Minha mãe telefonou para lhe dar parabéns. E rasgou elogios como só ela – passional – sabe fazer. Ela gosta muito dele e de tudo que ele faz por mim, por termos um relacionamento tão construtivo. Ele a agradeceu pelo presente. Que presente? A filha dela.

A mãe dele encontrou conosco na mesma semana. Fomos passear juntos no sábado. Almoçamos, fomos à exposição do Machado de Assis, ao teatro, jantamos. Ela foi embora muito feliz por ver que somos felizes juntos.

Dissemos “eu te amo” com Machado dentro e ao redor. E apesar da síntese machadiana não revelar sentimentos sinceros é com sinceridade que me deleito com as palavras do bruxo. E assim foi com as três que o meu amor me disse.


Enquanto isso no Twitter…

del.icio.us